domingo, 25 de setembro de 2011

Felipe e o Eunuco


Ellen White (Comentários de Pr. Manoel Barbosa da Silva)
Atos 8: 26 – 40

Uma das figuras de destaque no novo testamento foi o diácono Felipe.

Quem era Filipe?

Filipe foi um dos sete diáconos, escolhido pela igreja. Era um grande pregador evangelista, guiado pelo Espírito Santo, e que tinha uma família piedosa, quatro de suas filhas eram profetisas
Quando Filipe ainda se encontrava em Samaria, foi-lhe determinado por um mensageiro celestial que fosse "para a banda do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza." "E levantou-se, e foi." Atos 8:26 e 27.
A vida espiritual é assim. Às vezes você faz coisas que parece não ter sentido. Felipe, de repente, sente o desejo de sair de casa e ir a uma estrada de pouco movimento, em uma hora que provavelmente não iria encontrar ninguém ali. Talvez não soubesse, mais era o Espírito Santo que havia marcado um encontro para ele com um desconhecido.
Aquele desconhecido era um estudioso da Bíblia, e sentia no coração um ardente desejo de salvação, e Deus não deixa nenhuma pessoa sincera se perder, sempre providencia um meio daquela pessoa ter um encontro com o chamado, e no caso daquele homem, o eunuco, o meio foi enviar Felipe para ficar a margem da estrada na hora em que ele passasse
Ele não pôs em dúvida o chamado, nem hesitou em obedecer, pois havia aprendido a lição da conformidade com a vontade de Deus.
"E eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração, regressava, e assentado no seu carro, lia o profeta Isaías." Atos 8:27 e 28.
Este etíope era homem de boa posição e grande influência. Deus viu que, quando se convertesse, proporcionaria a outros a luz que recebera, e exerceria forte influência em prol do evangelho.
Anjos de Deus estavam auxiliando este inquiridor da luz, e ele estava sendo atraído para o Salvador. Pelo ministério do Espírito Santo, o Senhor o pôs em contato com quem o poderia guiar à luz.
Filipe foi dirigido a ir ter com o etíope e explicar-lhe a profecia que estava lendo. "Chega-te", disse o Espírito, "e ajunta-te a esse carro." Atos 8:29.
Aproximando-se, Filipe perguntou ao eunuco: "Entendes tu o que lês? E ele disse: Como poderei entender, se alguém me não ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse." Atos 8:31.
A passagem que ele estava lendo era a profecia de Isaías relativa a Cristo:
Foi levado como a ovelha para o matadouro, e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, assim não abriu a Sua boca. Na Sua "humilhação foi tirado o Seu julgamento; e quem contará a Sua geração? porque a Sua vida é tirada da Terra." Atos 8:32 e 33.
"De quem diz isto o profeta?" perguntou o eunuco; "de si mesmo ou de algum outro?"
Então Filipe lhe patenteou a grande verdade da redenção. Começando com a mesma passagem, "lhe anunciou a Jesus". Atos 8:34 e 35.
O coração do homem fremia de interesse ao serem-lhe explicadas as Escrituras; e, ao terminar o discípulo, estava pronto para aceitar a luz proporcionada.
Ele não fez de sua elevada posição mundana uma desculpa para recusar o evangelho.
Muitos, hoje, arranjam desculpas, para não aceitar o convite. Para uns é o emprego, outros, falta de tempo, outros ainda, estão novos e quer primeiro gozar a vida, tem aqueles que esperam terminar os estudos, e assim adiam a decisão mais importante da vida, e muitos a perdem, por deixar passar a oportunidade.
O eunuco não arranjou desculpas, ouviu falar de Jesus, logo o aceitou
"Indo eles caminhando, chegaram ao pé de alguma água, e disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja batizado? E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus. E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou.
"E, quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco; e, jubiloso, continuou o seu caminho. E Filipe se achou em Azoto, e, indo passando, anunciava o evangelho em todas as cidades, até que chegou a Cesaréia." Atos 8:36-40.

Lições

1. Este etíope representa uma grande classe que necessita ser ensinada por missionários como Filipe - homens que ouçam a voz de Deus, e vão aonde Ele manda.
2. Muitos há que estão lendo as Escrituras sem compreender-lhes o verdadeiro significado.
3. Em todo o mundo homens e mulheres olham atentamente para o Céu. De almas anelantes de luz, de graça, do Espírito Santo, sobem orações, lágrimas e indagações. Muitos estão no limiar do reino, esperando somente serem recolhidos.
4. Um anjo guiou Filipe àquele que procurava a luz, e que estava pronto para receber o evangelho; e hoje anjos guiarão os passos dos obreiros que permitam ao Espírito Santo santificar-lhes a língua, educar e enobrecer-lhes o coração.
5. O anjo enviado a Filipe poderia ter ele próprio feito a obra pelo etíope, mas essa não é a maneira de Deus agir. É Seu plano que os homens trabalhem por seus semelhantes.
6. Crentes de todos os séculos têm tomado parte na incumbência dada aos primeiros discípulos. Todos os que receberam o evangelho, receberam a sagrada verdade para repartir ao mundo.
Os fiéis de Deus têm sido sempre destemidos missionários, consagrando seus recursos para a honra de Seu nome, e sabiamente usando seus talentos em Seu serviço.
7. A obra altruísta de cristãos do passado deveria ser uma lição objetiva e uma inspiração para nós. Os membros da igreja de Deus devem ser zelosos de boas obras, separando-se de ambições mundanas e seguindo nos passos dAquele que andou fazendo o bem.
Com o coração repleto de simpatia e compaixão, devem eles ministrar aos que necessitam de auxílio, levando aos pecadores o conhecimento do amor do Salvador. Tal obra requer laboriosos esforços, mas produz rica recompensa Os que nela se empenham com sinceridade de propósito verão almas salvas para o Salvador; pois a influência que acompanha a atividade prática da divina missão é irresistível.
Não somente sobre o ministro ordenado repousa a responsabilidade de sair a cumprir esta missão. Todo o que haja recebido a Cristo é chamado a trabalhar pela salvação de seus semelhantes. "O Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem."
8. O dever de fazer este convite inclui a igreja toda. Todo o que tenha ouvido o convite, deve fazer ecoar a mensagem pelas colinas e vales, dizendo: "Vem." Apoc. 22:17.
É erro fatal supor que a obra de salvação de almas depende só do ministério. O humilde e consagrado crente sobre quem o Senhor da vinha colocou o encargo das almas, deve receber encorajamento daqueles a quem o Senhor deu maiores responsabilidades.
9. Os que ocupam lugar de líderes na igreja de Deus devem sentir que a missão do Salvador é dada a todos os que crerem no Seu nome. Deus deseja enviar para a Sua vinha a muitos que não foram consagrados ao ministério pela imposição das mãos.
10. Centenas, quiçá milhares, que já ouviram a mensagem de salvação estão ainda ociosos na praça, quando podiam estar empenhados em algum setor de trabalho ativo. A esses, Cristo está dizendo: "Por que estais ociosos todo o dia?" E acrescenta: "Ide vós também para a vinha." Mat. 20:6 e 7.
Por que razões muitos mais não respondem ao chamado? Será porque se imaginam dispensados pelo fato de não ocuparem os púlpitos? Estes devem compreender que há uma vasta obra a ser feita fora do púlpito, por milhares de consagrados membros leigos.
Longamente tem Deus esperado que o espírito de serviço se apodere de toda a igreja, de maneira que cada um trabalhe para Ele segundo sua habilidade.
Quando os membros da igreja de Deus fizerem a obra que lhes é indicada nos necessitados campos nacionais e estrangeiros, em cumprimento da comissão evangélica, todo o mundo será logo advertido, e o Senhor Jesus retornará à Terra com poder e grande glória.
"E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as gentes, e então virá o fim." Mat. 24:14.

Outras lições

1. Deus se preocupa com os sinceros e envia mensagens e mensageiros para alcançá-los

2. Quando se convence da verdade o certo é decidir na hora

3. Não há tempo predeterminado para aceitar a Jesus. Não há nenhum rito de passagem, Nenhuma norma determinando quanto tempo a pessoa deva ficar em observação para poder ser aceito e batizado.

O convite hoje é para você. Principalmente àqueles que foram ativos membros da igreja, já conhece as escrituras, e por alguma razão abandonaram a fé.

Faça como o eunuco.

Diga: “eis aqui água, que me impede de ser batizado?”

Que o Bom Deus te ilumine

Do Livro Atos dos Apóstolos de ellen White

Nenhum comentário: